Dicas para evitar a impotência sexual

A impotência sexual é um dos grandes problemas que atinge homens em todo o planeta.

E por isso, o primeiro artigo desse blog é para mostrar como você pode evitar esse problema sexual sério que pode tirar toda sua masculinidade.

Ao contrário da ejaculação precoce, a impotência sexual é quando o homem é incapaz ou tem dificuldade em ter ou em manter uma ereção do pênis que permita ter um contato íntimo.

A impotência sexual ou disfunção erétil pode ser sinal de uma doença física ou psicológica. Muitas vezes ela pode causar estresse, tensão no relacionamento e baixa autoconfiança.

Tabagismo

TabagismoO tabagismo está ligado a várias doenças e problemas de saúde, entre eles a impotência sexual.

Pesquisas recentes mostraram que o tabagismo aumenta em 85% o risco de impotência sexual. O fato é que o uso contínuo do cigarro deixa as artérias entupidas e com pouca dilatação, diminuindo o fluxo nos vasos sanguíneos que percorrem o pênis.

Por isso a ereção não ocorre, pois necessita de alta concentração de sangue na região.

Vale destacar que o surgimento da impotência vai depender do consumo diário do cigarro. Os sinais e sintomas são claros como:

  • Redução do tamanho e da rigidez do pênis;

  • Redução dos pelos corporais;

  • Atrofia ou ausência testicular;

  • Pênis deformado.

Por esses motivos, deve-se evitar o tabagismo para evitar em si a impotência sexual.

Alimentação

Má AlimentaçãoA alimentação tem um grande poder no desempenho sexual. É ela que fornecerá energia, disposição e fertilidade no ato sexual.

A má alimentação pode ocasionar uma baixa produção de alguns neurotransmissores relacionados ao bem-estar e prazer, e as alterações destes neurotransmissores no organismo podem prejudicar o nível de suas ereções.

O zinco, por exemplo, é um nutriente muito conhecido por ser um excelente viagra masculino natural, pois ele estimula a produção de espermatozoides e melhoram a libido. Além disso, o zinco aumenta naturalmente os níveis de testosterona no organismo.

Só para se ter uma ideia, uma dieta pobre em zinco pode causar um perca da fertilidade em até 30%. Por esse motivo, é imprescindível consumir alimentos ricos em zinco como ostras, amendoim, carne de cordeiro, fígado de boi, sementes de abóbora, etc.

É interessante destacar que existem os alimentos afrodisíacos que aumentam o apetite sexual, aumenta a circulação sanguínea para o pênis, contribuindo para o prolongamento da ereção.

Os principais alimentos afrodisíacos são:

  • Alho;

  • Amendoim;

  • Alecrim;

  • Aspargo;

  • Gengibre;

  • Mel;

  • Cacau;

  • Pimenta Vermelha;

  • Ostras;

  • Folhas verdes;

  • Amêndoas;

  • Aipo;

  • Catuaba.

Seja ativo!

SedentarismoUma recente pesquisa mostrou que 90% dos homens impotentes são sedentários o que mostra que o sedentarismo é uma das grandes causas da impotência.

O motivo é que uma pessoa sedentária tem muito mais risco de desenvolver doenças como obesidade, diabetes, colesterol alto e hipertensão. Doenças que levam ao aparecimento ou à piora da impotência.

Nos homens, o ganho de gordura na região abdominal (causadas pelo sedentarismo) diminui a produção de testosterona, que é o principal hormônio sexual masculino importante para melhorar o desempenho sexual.

Por isso, não importa a atividade física escolhida. É de extrema importância a prática regular da atividade física.

Pois além de evitar o sedentarismo, a prática regular da atividade física contribui na melhora da circulação sanguínea o que faz o pênis ter muito mais irrigação sanguínea melhorando em si os níveis de suas ereções, deixando-as mais fortes e longas.